10 Dicas para Manter Seu Relógio Bem Cuidado



Postado em 06-06-2017 18:15

10 dicas de cuidados para o seu relógio de pulso

#1 Preste atenção ao armazená-lo

Evite deixá-lo jogado em cima de mesas ou exposto ao sol e à poeira. O ideal é ter um estojo (pode ser aquele que veio com a peça) para guardar.

#2 Mantenha o relógio longe de aparelhos magnéticos

Alguns aparelhos eletrônicos, como televisão, computadores, scanners, micro-ondas, equipamentos hospitalares e subestações elétricas, por exemplo, geram campos magnéticos que podem interferir e prejudicar o funcionamento dos relógios Quartz (que funcionam com bateria). Isso acontece porque o mecanismo do relógio movido por bateria gera um campo magnético fraco que é necessário para o funcionamento do relógio. Interferências de campos magnéticos mais fortes podem fazer o relógio parar por um período de tempo e fazer com que a bateria seja consumida mais rápida. Muita gente não percebe essas possíveis interferências e acham que o seu relógio parou de funcionar por um defeito, enquanto ele está em perfeito estado.

#3 Preste atenção quando for acertar o horário

Primeiramente, retire o relógio do pulso quando ajustar o horário. Isso é importante já que acertar os ponteiros com o relógio no braço pode interferir na sua precisão e aumentar o risco de sujar a peça com oleosidade e outras impurezas das mãos.

O eixo que liga a coroa ao mecanismo chama-se tige. A tige é muito frágil e pode empenar com o menor esforço. A tige empenada já compromete o sistema de vedação da coroa e cria aberta para a entrada de água. Portanto, puxar a coroa com o relógio no pulso aumenta a probabilidade de empená-la.

Puxar a coroa para ajustar do horário no relógio é o ato que, digamos assim, liga o interior do relógio ao mundo exterior. Um mundo cheio de partículas e substâncias oleosas que prejudicam o funcionamento do mecanismo com o tempo. Portanto, é importante apenas puxar a coroa em caso de necessidade, e procurar limpar tanto o relógio quanto as mãos para agredir o mínimo possível o mecanismo do seu relógio.

#4 Leve o relógio para fazer manutenções regulares

Assim como fazemos com nossos computadores, celulares e carros, os relógios também necessitam de manutenção periódica. Levar seu relógio para um profissional qualificado realizar uma manutenção é necessário, de referência a cada 3 anos (ou quando sentir necessidade). Este período varia muito em função do fabricante. A manutenção preventiva busca manter a limpeza e lubrificação do mecanismo assim como a integridade do sistema de vedação do relógio.

#5 Não vá com seu relógio para a praia

Ainda que a maior parte dos modelos seja à prova d’agua, o sal do mar pode fomentar o processo de oxidação e corrosão da peça. A areia e a maresia também são fatores de risco para a integridade física do relógio.

Se esquecer de tirar o relógio antes de ir para a praia, ao voltar para casa mergulhe-o em uma bacia com água limpa, para ajudar a limpar o sal. A areia é composta de sílica, um material muito abrasivo que irá aumentar a probabilidade de arranhar o seu relógio.

Pulseira de couro não combina com água. A vida útil da pulseira de couro é drasticamente reduzida se tiver contato com a água, resultando inclusive em mal cheiro.

#6 Procure ter mais de um modelo

Ter mais de um relógio é bom em vários aspectos. Além de ter mais facilidade para combinar com trajes e ocasiões, você pode intercalar o uso e evitar de sobrecarregar a peça, aumentando ainda mais a vida útil.

É impressionante: compre um relógio hoje, use ele por 2 dias. Mesmo que você seja muito cuidadoso, se olhar o seu relógio com uma lupa, você fatalmente verá alguns arranhões. Se você intercala o uso de relógios e os guarda de forma adequada, a vida útil deles irá aumentar substancialmente.

#7 Leve a um profissional para fazer limpezas periódicas

Levar o relógio a cada três anos em um profissional, para que o mesmo possa fazer a higiene externa do equipamento, pode melhorar bastante na sua durabilidade. As oficinas especializadas fazem a limpeza externa do relógio com equipamentos que emitem ondas ultrassônicas, que ajudam a desagregar as sujeiras mais impregnadas no relógio. É um serviço bastante simples porque não requer a desmontagem do relógio.

#8 Evite praticar esportes de contato portando o relógio

Os relógios de pulso acompanham a gente em diversas atividades durante o dia, no entanto, é melhor evitar usá-lo durante a prática de esportes de contato, já que uma batida mais forte pode ocasionar quedas e outros danos. A maioria dos relógios não foi concebida para receber choques. Portanto nesses casos use relógios adequados como os G-Shock.

#9 Mantenha o equipamento longe de temperaturas extremas

Evitar choque térmico é fundamental para garantir a estabilidade do aparelho. Deixá-lo em um carro fechado, ou em um ambiente com ar condicionado contribui para o mau funcionamento. Isso é prejudicial porque o mecanismo de um relógio é composto por peças muito pequenas e de metal, ou seja, muito sensíveis à temperatura e com coeficiente de dilatação térmica relativamente alta. O aumento ou diminuição das dimensões das peças devido a alteração de temperatura influencia no seu funcionamento.

#10 Fique de olho na classificação de resistência à água

Hoje em dia quase todos os relógios são à prova d’água, mas cada modelo possui uma classificação diferente com seu grau de resistência. Verifique essa informação no fundo do relógio, ou da caixa e use seu relógio dentro das especificações dele.

Encontre os melhores modelos na Sigma Relógios

Aqui na Sigma você encontra diversos modelos, para todos os gostos e estilos, além de poder comprar sem sair de casa! Navegue pelo site e confira!

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE: