Por que entrou água no meu relógio à prova d'água?



Postado em 15-04-2018 22:14

A primeira coisa que devemos analisar é se um relógio é resistente à água ou a prova d' água. Sabe qual é a diferença? Os relógios resistentes a água são ideais para pessoas que não pretendem usá-los num contato prolongado à água, ou seja, eles são resistentes a atividades básicas como lavar o rosto, respingos de chuva, etc.

O relógio a prova d'água é conhecido pela característica de poder ser mergulhado na água sem sofrer danos de acordo com seu grau de resistência, porém eles também merecem nosso cuidado. O que faz um relógio ser à prova d'água não está apenas associado àquelas "borrachinhas". O projeto das peças do relógio e a precisão com que essas peças foram manufaturadas também são essenciais na concepção do sistema de vedação do relógio.

O sistema de vedação do relógio não está somente preocupado com a tampa do fundo do relógio. A água pode entrar no relógio através dos botões, da coroa, da junção do vidro com a caixa do relógio e também pelo fundo do relógio.

Com o passar do tempo ocorre um desgaste natural das "borrachinhas", que vamos chamá-las daqui para frente com o nome correto, que é: juntas de vedação. As juntas de vedação são essenciais porque é impossível o contato de apenas metal/metal ou metal/vidro produzir um sistema vedado. Essas juntas ressecam com o tempo e precisam ser lubrificadas ou substituídas quando necessário para manter a vedação em dia.

O sistema de vedação mais utilizado atualmente na relojoaria é através dos anéis O-rings ou também chamados de anéis de vedação. Eles são simples, versáteis e criam um selo na interface dos materiais que formam a estrutura do relógio. Os relógios possuem uma estrutura pré-definida para acomodação desses anéis tanto nas partes de encaixe quanto nas móveis, por isso é tão importante a avaliação e manutenção nesse mecanismo que não deve estar danificado pelo contato de substâncias químicas. Outro cuidado interessante é não manipular a coroa e/ou botão quando tiver em imersão, como também garantir que eles estejam devidamente fechados ourosqueados.

Uma observação importante é que não se deve tomar banho de água quente utilizando seu relógio mesmo que ele seja a prova d'água. Nenhum relógio, mesmo a prova d'água, deve ser submetido ao contato com água quente. A água não é prejudicial ao seu relógio, mas sim a temperatura da água. Temperaturas mais elevadas dilatam os materiais e podem comprometer a vedação do seu relógio provocando aberturas para entrada de água. O mesmo problema ocorre com o uso de relógios em saunas. Não é o vapor que prejudica a vedação, mas a temperatura do vapor, ou seja, mesmo que o vidro não fique embaçado, altas temperaturas podem danificar os mecanismos internos do seu relógio.

Recomenda-se que a manutenção de vedação seja realizada a cada dois anos ou a cada troca de bateria. Nesse procedimento a caixa do relógio será desmontada e feita uma avaliação de todos os anéis de vedação que serão lubrificados e substiuídos e submetidos a um teste com aparelho específico. Nesse aparelho a peça será colocada sob imersão e pressão que simulam a resistência de cada relógio o que garante ou não uma vedação de sucesso. Esse procedimento é muito importante para aumentar e a vida útil do seu relógio, pois evita que a água entre em contato com o mecanismo.

Clique na imagem abaixo para ver o vídeo do nosso canal do youtube sobre nossa oficina, onde um relógio Tissot tem seu sistema de vedação completamente analisado e refeito! Se gostar do vídeo deixe o seu like e se inscreva em nosso canal!

                                       VEDACAO-RELOGIO

Leia atentamente o manual do seu relógio, faça periodicamente manutenções e bom uso! ;)

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE: